>

Hoje em dia educar, é uma arte, um exercício de amor. No passado éramos orientados por um autoritarismo emergente nos anos sessenta, onde vivíamos o temor da opressão e da censura, onde não se podia ter opinião e onde a força e as torturas preponderavam. De certa forma em nossa educação houve muita opressão e falta de liberdade. Os pais de hoje entre seus vinte e trinta anos de idade foram criados com mais liberdade, os de quarenta a cinqüenta anos criaram filhos, frutos de uma transição entre autoritarismo e liberdade. Os resultados são duvidosos, pois o que estamos vendo hoje é uma juventude que não sabe utilizar a liberdade que lhe esta sendo oferecida, ou pais que não sabem oferecer liberdade aos seus filhos, pois não sabem educar.

Vejamos eu tomei muita surra quando criança me foram colocados algumas regras básicas, como não levantar a voz para pai e mãe, respeitar os mais velhos, se houver apenas um banco para sentar e existir alguém de idade ou gestante automaticamente eles têm a preferência, um deficiente físico nem se fale a preferência é dele e ponto. Hoje o que vejo são crianças mandando seus avós ou pais se levantarem para eles se sentarem, no entanto errados somos nós pais que ao vermos tal atitude não corrigimos e não orientamos apenas nos levantamos. O grande problema ainda esta por vir, pois estes valores trarão problemas futuros para nossos filhos e para nós mesmos.
Precisamos ensinar as crianças a olharem em nossos olhos quando falamos, precisamos falar com nossos filhos, precisamos ensinar aos nossos filhos a agradecer um presente, agradecer um ato, agradecer a presença de pessoas queridas, e aos nossos pais e avós solicitar a benção e quem sabe apenas dizer te amo. Precisamos mais sair de frente do computador e da televisão para entrarmos na frente dos olhos de nossos filhos. Ensiná-los a agradecer cada manhã, cada alimento, o som dos pássaros, a brisa da natureza, a luz do sol, o luar as estrelas,  uma nuvem passando enfim agradecer o esplendor e a beleza de cada dia. Mas será que estamos vendo isso tudo acontecer? Talvez estejamos tão “ocupados”, que não temos tempo nem para nós mesmos ver a natureza e nossos filhos, talvez nós mesmos precisássemos aprender a agradecer, a amar e praticar esses atos pra depois ensinar aos nossos filhos. Desejo a todos, muita luz e muito amor. Wilen

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s